Eu amo as pessoas que me fazem rir. Sinceramente, acho que é a coisa que eu mais gosto, rir. Cura uma infinidade de males. É provavelmente a coisa mais importante em uma pessoa.

— Audrey Hepburn
home· ask· link3· link4· link5· link6· link7
Like I would never feel again..
Deixa partir o que não te pertence mais, deixa seguir o que não poderá voltar, deixa morrer o que a vida já despediu… O que foi já não serve, é passado, e o futuro ainda está do outro lado.
Caio Fernando Abreu.  (via autorias)
De uma coisa podemos ter certeza: de nada adianta querer apressar as coisas. Tudo vem ao seu tempo, dentro do prazo que lhe foi previsto. Mas a natureza humana não é muito paciente. Temos pressa em tudo! Aí acontecem os atropelos do destino, aquela situação que você mesmo provoca, por pura ansiedade de não aguardar o tempo certo. Mas alguém poderia dizer: Mas qual é esse tempo certo? Bom, basta observar os sinais. Geralmente, quando alguma coisa está para acontecer ou chegar até sua vida, pequenas manifestações do cotidiano enviarão sinais que podem ser a palavra de um amigo, um texto lido, uma observação qualquer. Mas, com certeza, o sincronismo se encarregará de colocar você no lugar certo, na hora certa, no momento certo, diante da situação ou da pessoa certa! Basta você acreditar que nada acontece por acaso! E talvez seja por isso que você esteja agora lendo estas linhas… Observe melhor o que está à sua volta. Com certeza alguns desses sinais já estão por perto e você nem os notou ainda. Lembre-se que o universo sempre conspira a seu favor quando você possui um objetivo claro e uma disponibilidade de crescimento.
Paulo Coelho.   (via autorias)
É que tipo, ela tá ali e tal, na sua frente, não foi lá por quê? Tá esperando ela ir embora? Tá querendo perder essa oportunidade? Quantas vezes vocês já se encontraram? Mais de cem? Tudo bem, parei com as perguntas, mas a questão é que ela, a tal da felicidade, não vai esperar por você para sempre, agarre-a, antes que alguém a roube de você.
Fred Medeiros (via autorias)
No fundo, mas bem lá no fundo, admitir não parece ser tão bom quanto dizem, pois se assim fosse, seria apenas dizer. Soa como uma confissão ou uma obrigação, algo que você não faria, sem um bom motivo. Admitir é praticamente ir contra você mesmo, passar por cima de barreiras pra satisfazer alguém, ou a você mesmo, sei lá. A-d-m-i-t-i-r - É até fácil de escrever, fácil de se falar, só não está sendo fácil praticar.
Fred Medeiros. (via autorias)
Ela me disse que amar era sofrer, e eu olhei pra ela e disse que sofreria por ela.
Peter Pan.    (via autorias)
Por você eu dançaria tango no teto, eu limparia os trilhos do metrô, eu iria apé do Rio a Salvador. Eu aceitaria a vida como ela é, viajaria a prazo pro inferno, eu tomaria banho gelado no inverno. Por você eu deixaria de beber. Por você eu ficaria rico num mês, eu dormiria de meia pra virar burguês. Eu mudaria até o meu nome, eu viveria em greve de fome, desejaria todo dia a mesma mulher. Por você conseguiria até ficar alegre, pintaria todo céu de vermelho, eu teria mais herdeiros que um coelho.
Barão Vermelho.  (via autorias)
Ela tem uma risada incrível. E sem querer ser um babaca, mas ela tem tudo pra ser perfeita. Mas não é, claro. Ela tem mil idiotices e chatices na bagagem. E ela tem medo de tudo. Tem um ar de menina independente, que não precisa de ninguém. Mas quando tá no escuro, ainda pede pra alguém abrir um pouquinho a porta e deixar a luz entrar. Ela tem vergonha até de ligar pra pizzaria pra pedir uma pizza, cara. Quem no mundo é assim? Mas ela é tão indiferente, que a minha diferença não afeta ela em nada. Eu acho que ela pode ser o mundo inteiro se ela quiser. E ela é teimosa. E guarda rancor na mala. Ela sabe perdoar, mas precisa de umas aulinhas de como esquecer. Quando ela desiste ou acha que sabe de tudo, não tem jeito. Meu Deus, que mania insuportável que ela tem de achar que pode burlar tudo o que mandam ela fazer. Porque ela nunca tá satisfeita com nada. Nadinha.
Robin and Stubb.  (via autorias)
Há 2 semanas 0 notas · reblog
Há 2 semanas 0 notas · reblog
Há 2 semanas 0 notas · reblog
Há 2 semanas 0 notas · reblog
FUTURASUICIDA ©